Minas Gerais

JUSTIÇA

Bacia do Rio Doce: Pelo zap, jornal faz mutirão de notícias contra "falsa reparação"

Brasil de Fato MG divulga matérias e reportagens sobre os 5 anos do crime da Samarco. Saiba como receber:

Belo Horizonte | Brasil de Fato MG |
Foto da marcha "1 ano de lama e luta" organizada pelo MAB em 2016 - Foto: Mídia NINJA

As mineradoras e suas fundações não economizam nas propagandas. Desde o rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), poucas reparações têm sido feitas, mas a opinião geral da população é que as empresas Samarco, Vale e BHP Billiton “até que fazem o possível”. Comentário que não é natural, mas fruto das milhares de propagandas e reportagens veiculadas em diversos veículos.

O crime da Samarco completa em novembro cinco anos e o jornal Brasil de Fato MG resolveu lançar uma mobilização virtual para divulgar o que vem ocorrendo. Uma série de matérias serão compartilhadas aos interessados, via Whatsapp, de 2 a 6 de novembro em horário comercial. O serviço é gratuito.

O chamado do jornal é a pessoas interessadas a “desfazer” inverdades, e a compartilhar, durante esta semana, a Voz do Atingidos. O jornal é um dos únicos de grande circulação que não aceita receber anúncios de mineradoras, além de acompanhar o crime desde o primeiro dia.

Quero participar!

A divulgação de notícias vai acontecer por meio de grupos no Whatsapp, onde só administradores podem enviar mensagens. A entrada é gratuita. Caso o grupo esteja cheio, entre no próximo:

Grupo Voz dos Atingidos 1: clique aqui

Grupo Voz dos Atingidos 2: clique aqui

Edição: Elis Almeida